sábado, 8 de dezembro de 2012

Química da RESSACA!

Olá pessoal! Essa é para aqueles que sairam ontem, ou sairão hoje, e com certeza vão exagerar na dose. Falar que o álcool mata e etc, não vai impedir vocês de beberem, então ao menos vão saber o que está acontecendo!

Os Vilões


Etanol
(ou um cachorro de cabeça vermelha pros criativos)
Bom, sempre tem uma  molécula culpada, e nesse caso, a percursora de todo problema é o Etanol (álcool etílico se preferirem).  Primeiro vamos entender quem é o etanol, quais suas propriedades e assim vamos ver poque ele faz você desejar não ter nascido no dia seguinte, seja pela companhia ao lado ou pela dor de cabeça.

 Uma propriedade muito importante do etanol é sua solubilidade, ele é totalmente solúvel em água, e também é solúvel em óleos, isso é de extrema importância, explicarei o porque adiante. O fato de ser uma molécula pequena, também é importante.

 

 Como age


Esquema da parede celular.
Fonte: http://www.profpc.com.br
A aventura começa quando o sujeito ingere a bebida (para se ter uma idéia, em uma garrafa de vinho há 80g de etanol, que é muito comparado a outras drogas),  a absorção começa em seu estômago e continua no intestino. A presença de comida no estômago retarda a absorção de álcool (isso, coma antes de beber), mas no intestino, a absorção é independente da quantidade de comida presente.

A solubilidade do álcool, falada anteriormente, é o que permite sua absorção pelo organismo, tendo facilidade de se misturar em água (que constitui 70% de nosso corpo)  e em lipídeos ( que constituem nossa parede celular) todo nosso organismo é inundado pelo etanol.

O metabolismo do álcool acontece em grande parte no fígado, onde as enzimas álcool desidrogenase, CYP2E1 gerando como subproduto o etanal que é um aldeído.
 

                          CH3CH2OH + NAD+ AD CH3CHO + NADH + H+
                                                               (oxidação do etanol)
Como Mata


A curto prazo, a morte por etanol existe, porém a maioria das mortes é causada pelo sufocamento da pessoa em seu próprio vomito, por isso
sempre é recomendado, quando se está lidando com alguém em coma alcoólico, deita-la de lado! Outra forma de morte a curto prazo, seria a ingestão de uma bebida forte em um período de tempo muito curto, como virar uma garrafa de vodka por exemplo.

A tabela abaixo mostraa concentração de etanol no sangue (g/L) o estágio e os sintomas apresentados.


Etanol no sangue (gramas/litro) Estágio Sintomas
0,1 a 0,5 Sobriedade Nenhuma influência aparente
0,3 a 1,2 Euforia Perda de eficiência, diminuição da atenção, julgamento e controle
0,9 a 2,5 Excitação Instabilidade das emoções, incoordenação muscular. Menor inibição. Perda do julgamento crítico
1,8 a 3,0 Confusão Vertigens, desequilíbrio, dificuldade na fala e distúrbios da sensação.
2,7 a 4,0 Estupor Apatia e inércia geral. Vômitos, incontinência urinária e fezes.
3,5 a 5,0 Coma Inconsciência, anestesia. Morte
Acima de 5 Morte Parada respiratória

O gráfico abaixo mostra a concentração de álcool no sangue em função do tempo.


Fonte: chemistryviews.org

Fórmula de Widmark

Esta fórmula calcula a concentração de etanol no sangue (por mil 1/1000)

c = A / (r • W)

c= concentração de álcool
A= quantidadede etanol consumida (g)
W= peso da pessoa (kg)
r= fator de distribuição no corpo, sendo 0,7 para homem e 0,6 para mulher.

Por exemplo, ao ingerir uma garrafa de cerveja(600mL) em 600mL, 24ml são de álcool, nessa quantidade temos 19,2 g (densidade 0,8).

Cálculo para homem (70kg) c= 19,2/(0,7x75) = 0,36 ‰
Cálculo para mulher (70kg) c= 19,2/(0,6x75)= 0,42 ‰

Sendo assim o dito popular de que mulheres são mais "fracas" para a bebida, tem base científica. (obvio, efeitos variam de pessoa para pessoa, variam com a frequência de consumo e etc..)

Após alcançar a concentração máxima, ela decai numa taxa de 0,1 ‰/h a 0,2 ‰/h, esse decaimento linear se dá pois a oxidação do álcool é catalizada por uma enzima, e por ser uma enzima ela segue a cinética de Michaelis-Menten.

Espero que tenham gostado!

Cuidado com a cachaça nesse fim de semana!

 



Fontes:

http://btudoquimica.blogspot.com.br/2012/05/quimica-da-ressaca.html

http://www.chemistryviews.org/details/ezine/1052159/Chemistry_of_a_Hangover__Alcohol_and_its_Consequences.html


http://pt.wikipedia.org/wiki/Etanol

 http://www.profpc.com.br/Qu%C3%ADmica_das_c%C3%A9lulas.htm